Melhores práticas para gerenciar canteiros de obras no ambiente de coronavírus

 

 

Texto original:

Worksafe - https://www.worksafe.vic.gov.au/infectious-diseases

Victorian Building Industry Disputes Panel - http://vbidb.org.au/

Victoria, Austrália

 

Tradução livre pela Fundação Vanzolini

 

Melhores práticas para gerenciar canteiros de obras no ambiente de coronavírus

 

 

Visão geral

 

Um estado de emergência foi declarado em Victoria de 16 de março de 2020 até a meia-noite de 13 de abril de 2020. O Secretário de Saúde tem poderes para propor decretos no interesse da saúde pública.

 

O decreto de 16 de março de 2020 incluiu a proibição de reuniões de massa não essenciais de mais de 500 pessoas. Um outro decreto em 18 de março de 2020 incluiu a proibição de reuniões de massa não essenciais de mais de 100 pessoas.

 

Uma reunião interna é uma reunião em uma única área fechada não dividida (ou seja, áreas, salas ou locais fechados por um telhado e paredes, independentemente de o telhado ou as paredes ou qualquer parte delas serem permanentes, temporárias, abertas ou fechadas).

Victoria introduziu restrições em determinadas atividades e locais não essenciais em todo o estado em 23 de março de 2020 (a partir do meio-dia em 23 de março de 2020) e um conjunto de restrições em atividades e locais não essenciais adicionais em 25 de março de 2020 (válidos a partir da meia-noite de 26 de março de 2020).

 

Essas restrições não impedem o funcionamento de canteiros de obras e atividades. Mais conselhos estão disponíveis em https://www.dhhs.vic.gov.au/coronavirus.

 

Esta nota fornece orientações sobre as melhores práticas para reduzir a propagação do coronavírus na indústria da construção. A indústria da construção é incentivada a analisar criticamente essas orientações e implementar medidas apropriadas em seus canteiros de obras.

Esta orientação está correta no momento da publicação e sua aplicação pode ser impactada por futuros anúncios relacionados à operação do setor de construção.

 

 

Trabalhadores da construção civil chegando ao local

 

Triagem de trabalhadores que vêm ao local

 

Para minimizar a introdução do coronavírus no local, as seguintes medidas devem ser implementadas:

  • Todos os trabalhadores assinam uma declaração de que não estiveram no exterior (outros países) ou em contato com alguém que tenha coronavírus

  • Triagem de todos os trabalhadores que entram no canteiro no início de seu turno, perguntando se eles estiveram no exterior, em contato com alguém que tenha coronavírus ou se apresentam sintomas semelhantes aos da gripe.

Mais informações para empresas em resposta ao coronavírus podem ser encontradas aqui.

 

Auto-isolamento

 

Todos os viajantes que retornam do exterior para Victoria serão colocados em quarentena forçada por um período de auto-isolamento de 14 dias. Esta nova medida está operacional a partir das 23h59 do sábado, 28 de março.

 

Se um trabalhador retornou recentemente do exterior após 16 de março de 2020 ou teve um contato próximo com um caso confirmado, ele precisa:

  • Se auto-isolar em casa por um período de 14 dias e seguir as diretrizes de auto-isolamento aqui

  • Não comparecer ao trabalho

  • Entrar em contato com o diretor / gerente geral do projeto

  • Procurar atendimento médico urgente se tiver sintomas semelhantes aos da gripe

  • Não retornar ao trabalho até que tenha sido liberado por um médico.

 

Se um trabalhador apresentar sintomas semelhantes aos da gripe, independentemente de ter viajado para o exterior ou ter tido contato próximo com um caso confirmado, ele deve:

  • Não comparecer ao trabalho

  • Entrar em contato com o diretor / gerente geral do projeto para obter mais conselhos

  • Não retornar até que tenha sido liberado por um médico

 

Implemente processos claros para identificar o pessoal que poderia ter entrado em contato com alguém que tenha tido resultado positivo para coronavírus. Considere e planeje a continuidade dos negócios caso os trabalhadores tenham que se auto-isolar.

Independentemente do exposto acima, os trabalhadores devem minimizar a interação com pessoas vulneráveis, incluindo idosos e pessoas com sistema imunológico comprometido.

 

 

Trabalhadores da construção civil trabalhando no local

 

Distanciamento físico

 

O distanciamento físico de 1,5 metros entre os trabalhadores deve ser implementado sempre que possível. Onde isso não for possível, o tempo que os trabalhadores passam em proximidade deve ser reduzido.

 

Os equipamentos de EPI são incentivados, quando disponíveis, para os trabalhadores que precisam estar próximos por longos períodos de tempo.

 

Se o espaço permitir, espalhe os escritórios de trabalho pelo local para manter 4m² por pessoa. Introduzir restrições ao número de funcionários que visitam os ambientes de trabalho do canteiro a qualquer momento.

 

Reduza o número de funcionários não essenciais no local, trabalhando remotamente. Instale facilidades de trabalho remotas, para que a equipe externa não precise comparecer ao local.

 

Reduza as instâncias de trabalho com proximidade entre as pessoas, como consultar de desenhos nos ambientes externos.

 

Se o espaço permitir, espalhe-se no local para manter 4m² por pessoa, ou faça as pausas para refeições fora ou pausas para refeições alternadas.

 

Considere ativamente medidas para reduzir o número de trabalhadores no local a qualquer momento, por meio de horários de início diferenciados e/ou reduzir o número de serviços simultâneos em um mesmo local.

 

Higiene

 

Exiba informações de saúde em locais importantes no canteiro de obras, como refeitórios, escritórios, banheiros, vestíbulos, elevadores e entradas.

 

Lave as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos.

 

Implemente uma boa etiqueta da tosse, cobrindo a tosse e o espirro, ou tussa no cotovelo ou ombro.

 

Não toque nos olhos, nariz ou boca se puder evitar.

 

Forneça desinfetante para as mãos nas entradas e saídas do canteiro, em todas as estações de trabalho, comodidades e outras áreas do canteiro. Comunique a todos os funcionários onde estão localizados os desinfetantes para as mãos e incentive seu uso regular.

 

Manutenção de espaços compartilhados e pontos de contato

 

Minimize o uso de ferramentas compartilhadas. Onde utilizadas, as ferramentas devem ser limpas regularmente.

 

Implemente a limpeza duas vezes ao dia em "superfícies tocadas com frequência" (maçanetas, corrimãos de escadas, interruptores de luz, botões de elevadores, tampos de mesa entre usos individuais, maçanetas de geladeiras e micro-ondas, utensílios de cozinha etc.).

 

Conselhos sobre limpeza e desinfecção de equipamentos não-médicos para reduzir a transmissão podem ser encontrados aqui.

 

Para reduzir a interação entre serviços, aloque áreas específicas no canteiro para comodidades para cada serviço e solicite que cada equipe coma no mesmo local diariamente.

 

Evite reuniões com outras pessoas, adote medidas alternativas, como conferências telefônicas, skype ou videoconferência, quando possível.

Mantenha um local limpo e forneça latas de lixo para as vestimentas e quaisquer EPIs usados. Esvazie as caixas regularmente e remova-as para fora do local.

 

 

Comunicação

 

Estabeleça uma estrutura de comunicação entre empregador e sindicato.

 

Modifique os procedimentos do canteiro para identificar riscos potenciais, como viagens recentes e problemas de saúde, e para instruir novos profissionais nos controles em vigor no canteiro

 

Proporcione clareza aos funcionários em acordos de ausência autorizada para aqueles que não podem trabalhar para incentivar o o auto-relato e minimizar a propagação de riscos.

 

Reforçar as mensagens do Secretário da Saúde sobre a gravidade da pandemia e a importância do distanciamento social nas reuniões de orientação no canteiro.

 

Incentive os trabalhadores a apresentar ideias práticas nas reuniões de canteiro para mudar as práticas de trabalho para evitar a disseminação do coronavírus.

 

Se o Governo de Victoria decidir suspender ou encerrar os projetos de construção financiados pelo governo por conta de problemas de saúde pública relacionados ao coronavírus, este fará esforços razoáveis ​​para notificar previamente essas decisões a empregadores e sindicatos relevantes. Nenhum canteiro do governo será parcial ou totalmente fechado por conta de problemas de saúde pública relacionados ao coronavírus sem orientação ou conselho do Secretário de Saúde de Victoria.

 

 

Mais Informações

Atualizações do coronavírus - https://www.dhhs.vic.gov.au/coronavirus

Linha direta de coronavírus - 1800 675 398

Worksafe - https://www.worksafe.vic.gov.au/infectious-diseases

Victorian Building Industry Disputes Panel - http://vbidb.org.au/

 

 

Download do texto original: https://drive.google.com/file/d/1mKdMwQMY_leUWKeR44BwPvcI44aq5uWu/view?usp=sharing

Download do texto em tradução livre pela Fundação Vanzolini: https://drive.google.com/file/d/1CdvM6ML1BEdeWJGIr4nWwOHaw86eI-2H/view?usp=sharing

 

Matéria veiculada no site da Certificação AQUA-HQE: https://vanzolini.org.br/aqua/2020/05/27/melhores-praticas-para-gerenciar-canteiros-de-obras-no-ambiente-de-coronavirus/

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no LinkedIn
Please reload

CONECTICIDADE

Laboratório de Cidades, Tecnologia e Urbanismo