25/08/2020: 36ª Reunião do Grupo

Em 25 de agosto de 2020, foi realizada a 36ª reunião do grupo CONECTICIDADE por videoconferência devido ao isolamento social necessário em tempos da crise da Covid-19.


Estiveram presentes:

1. Alberto Amorim

2. Amilcar Gouveia

3. Ana Paula Paulino da Costa

4. Antônio Carlos Mendes Oliveira

5. Antônio Limongi

6. Armando Dal Colletto

7. Bianca Bonachela de Oliveira

8. Bruder, Gouveia

9. Clarice Kobayashi

10. Daniel Mota

11. Fernando Berssaneti

12. Gabriel Novaes

13. Harmi Takiya

14. Iara Negreiros

15. Leandro Melo de Freitas

16. Manuel Martins

17. Nicole Valentini Fedrizzi

18. Oswaldo Sanchez Júnior

19. Rita de Cássia Giraldi

20. Saide Kahtouni


ATUALIZAÇÕES

1. Subgrupo de Arquitetura e Urbanismo – Rita de Cássia: trabalhos em andamento, avaliações de referências bibliográficas e critérios associados à ideia de projeto da “cidade feliz”, com referências como a série de normas da NBR ISO 37.120.

2. Subgrupo de Economia e Negócios – Ana Paula: trabalhos em andamento, avaliações críticas de referências bibliográficas, com um avanço na definição de critérios associados à ideia da avaliação da atratividade e da “inteligência” de um projeto urbano.

3. Subgrupo de Infraestrutura – Oswaldo Sanchez: trabalhos em andamento, criação de critérios, indicadores e índices de avaliação de projetos de infraestrutura, com referências como a série de normas da NBR ISO 37.120.

4. Subgrupo de Formação Social – Clarice Kobayashi: trabalhos em andamento, apresentação sobre os trabalhos do grupo.

APRESENTAÇÕES E DISCUSSÕES

1. ANA PAULA PAULINO DA COSTA – SUBGRUPO ECONOMIA E NEGÓCIOS

a. Abastecimento, arranjos produtivos locais, desenvolvimento regional, empreendedorismo, emprego, inovação

b. Brainstorm e reorganização entre objetivos, indicadores e ações esperadas

c. Diversas discussões associadas a indicadores de avaliação de investimentos para projetos inteligentes, inclusive em setores específicos das cidades

d. “Custos de TI” formam um indicador válido de avaliação de uma inteligência de um projeto caso não haja uma intenção clara de aplicação?

e. Indicadores são extremamente importantes, há indicadores econômicos, sociais, financeiros, culturais, etc.


2. CLARICE KOBAYASHI – SUBGRUPO FORMAÇÃO SOCIAL

a. Desenvolvimento sustentável: Agenda 2030 – 17 ODS da ONU, com 169 metas

b. Indicadores de avaliação do desenvolvimento social de uma comunidade

i. FIB – Felicidade Interna Bruta - Bem-estar, saúde, uso do tempo, educação, cultura, governança, vitalidade comunitária, meio ambiente, padrão de vida

ii. Indicadores para as metas dos ODS

iii. Modelos de maturidade de soluções de cidades inteligentes

PARA A PRÓXIMA REUNIÃO

1. Apresentação do Subgrupo Infraestrutura

2. Apresentação do Subgrupo Arquitetura e Urbanismo

CONECTICIDADE

Laboratório de Cidades, Tecnologia e Urbanismo